Sobre o evento

O I Encontro Nacional sobre Saúde Única “One Health”ocorrerá nos dias 26 e 27 de Janeiro de 2018 e tem como objetivo divulgar o conceito Saúde Única / “One Health”, seus desafios, políticas e importância de profissionais nas áreas médicas, veterinária e ambientais.

O evento será aberto à comunidade de profissionais de saúde humana, animal e ambiental, além da comunidade acadêmica e científica em geral. Os temas serão: 1. Saúde Única / One Health; 2. Zoonoses de Importância em Saúde Pública; 3.Desafios para o Estudo de Doenças Transmissíveis; e 4. Qualidade sanitária dos alimentos de origem animal e resistência a antimicrobianos.

O encontro terá a participação de palestrantes pesquisadores e autoridades profissionais nos temas abordados, entre os quais representantes da UFLA, UnB, UFMG, MAPA, OIE, Ministério e secretarias de Saúde, além da participação de expertos do exterior no enfrentamento desse desafio. Além disso, terá a participação dos estudantes de graduação e pós graduação.

O encontro é realizado pelo Núcleo de Estudos Saúde Única, lotado no Laboratório de Epidemiologia (LEPI) do Departamento de Medicina Veterinária (DMV) com o apoio da Organização Panamericana de Saúde (OPAS), Ministério da Saúde (MS), Conselho Federal de Medicina Veterinária (CRMV-MG) e da Universidade Federal de Lavras (UFLA), por meio da Coordenadoria de Prevenção de Endemias (COPE) das Pró-reitorias de Pós-graduação (PPGCV) e de Extensão e Cultura (PROEC), Departamento de Medicina Veterinária (DMV) e Programa de Pós-graduação em Ciências Veterinárias (PPGCV) e Coordenação de graduação em Medicina veterinária.

O Núcleo de Estudos Saúde Única é coordenado pelas professoras de Epidemiologia veterinária, Christiane MBM da Rocha (Coordenadora do PPGCV) e Elaine Seles Dorneles (Coordenadora Adjunta PPGCV), e pela Coordenadora de Graduação, professora Suely de Fátima Costa. É presidido pela doutoranda Yuly Andrea Caicedo Blanco, e formado por estudantes de graduação e pós-graduação da medicina veterinária, areas de saúde e ambiental.

.

SAÚDE ÚNICA/ONE HEALTH

Em 2008, a Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e a Organização das Nações Unidas para agricultura e alimentação (FAO) lançaram a iniciativa intitulada “Um Mundo, Uma Saúde”. O escopo desta iniciativa é abordar o tema “saúde” por meio de uma visão holística para demonstrar a inter-relação das várias vertentes do termo saúde, destacando-se a saúde humana, animal, vegetal e do meio-ambiente. O termo “One health” traduzido como “Saúde Única” é um conceito sugerido para demonstrar a indissociabilidade da saúde humana, animal e ambiental. Demonstra, que os grandes desafios relacionados à saúde e alimentação na humanidade moderna exigem uma ação integralizada e holística desses componentes.

Segundo a OIE (2016) 60% das doenças infecciosa humanas são zoonoses; 75% dos agentes de doenças infecciosas no homem são de origem animal; cinco doenças novas no homem surgem por ano, sendo três de origem animal; 80% dos agentes causadores de doenças que podem ser utilizados como armas biológicas são zoonóticos.

Desenvolvido por Ideia Brasil Publicidade